Pokémon Prism, uma versão do game feita por fãs e que é baseado em Pokémon Crystal, voltou a ser disponibilizado na internet. Isso mesmo após a proibição da Nintendo.

O criador de Pokémon Prism, Koolboyman, retirou seu site do ar e encerrou o projeto após a Nintendo proibir. Logo depois, contudo, os arquivos do jogo começaram a circular no fórum 4chan por fãs que dizem não estar ligados ao projeto, se referindo como “um grupo de pessoas que estão interessadas em manter essa ROM viva”.

 

O site Kotaku conseguiu falar com o grupo anônimo para saber o motivo de tentar a ROM viva. A resposta foi: “Embora a Nintendo tenha os direitos autorais, acreditamos que eles estão destruindo o trabalho duro dos fãs por motivo algum. A Nintendo poderia usar isso como uma oportunidade de promover a série. Eles só precisam deixar os jogos vivos”.

Pokémon Prism ficou em desenvolvimento por oito anos e seria lançado em 25 de dezembro. Mesmo com versões preliminares sendo disponibilizadas anteriormente, Koolboyman não recebeu uma ordem judicial da Nintendo até o dia 21 de dezembro de 2016.

LEAVE A REPLY