Criado em 1974 por Ernő Rubi, o mundialmente conhecido Cubo Mágico, é um quebra-cabeça lógico tridimensional que se tornou um dos ícones dos anos 80. Dividido em seis cores diferentes em cada um dos seus seis lados, cujo objetivo é colocar as mesmas cores em cada um dos lados do cubo. O brinquedo ganhou o prêmio alemão de melhor jogo do ano e vendeu cerca de 900 milhões de unidades.

Em 2001 um outro “brinquedo” em forma de cubo, com apenas três cores: preto, azul e prata, inicialmente identificado como Project Dolphin foi lançado. Tratava-se GameCube, o novo console da Nintendo, que apresentava um design compacto e um joystick bem diferenciado.

O joystick do GameCube foi projetado para se adequar melhor nas mãos. A função Rumble (tremer) foi embutida. Mantido os tradicionais botões direcionais em forma de cruz (D-pad) e duas alavancas analógicas, além dos botões Start/Pause no centro, os botões de ação ganharam cores A (verde), B (vermelho), X e Y (prata) mais os gatilhos R e L nas bordas e o botão Z (posicionado sobre o R).

Foi lançado uma versão wireless, do joystick, que usa pilhas e funciona por rádio frequência, chamado de Wavebird.

A carta de jogos oferecia, além das versões dos clássicos da Nintendo, como Super Mario, The Legend of Zelda, Metroid Prime e Donkey Kong, também os jogos Luigi’s Mansion, Super Smash Bros. Melee, Pikmin, Eternal Darkness: Sanity’s Requiem, Resident Evil 4, Metal Gear Solid: The Twin Snake, prince of Persia: The Sands of Time, Resident Evil, Beyond Good and Evil, tantos outros e ainda jogos do Sonic (quem diria!) da SEGA, que acabou se tornando uma das principais parceiras da Nintendo.

Desta vez os jogos em cartuchos foram substituídos por MiniDVD com a capacidade de 1.5GB e tinham uma leitura mais rápida do que os DVD mais comuns usados pelos concorrentes (SONY e Microsoft).

Em relação aos acessórios o GameCube usava Memory Card para salvar os andamento dos Jogos. Um adaptador para jogos de Game Boy (Veja que a Nintendo já pensava em uma união entre o Console de Mesa e o Portátil). Um joystick em forma de tambor, chamado DK Bongos usado em uma versão do Donkey Kong. Um Pad para o jogo Dance Dance Revolution Mario Mix e ainda entrada para Cartão SD e Teclado.

O GameCube mostra que a Nintendo é completamente capaz de desenvolver um console competitivo e usando de novas tecnologias, apesar de sempre buscar coisas inovadoras e particulares, que a diferencie. No total foram vendidas 21,74 milhões de unidades (menos do que seus concorrentes o PS2 da Sony e o Xbox da Microsoft) muito provável pela suas particularidades e jogos, mas também devido ao grande sucesso do console da Sony e a entrada da Microsoft no mercado de consoles.

Então, se for confirmado que o Switch terá o Virtual Console para o GameCube, quais jogos você gostaria que estivessem disponíveis?

LEAVE A REPLY