Infelizmente os pontos positivos do Pokemon Go Fest foram ofuscados pelos problemas técnicos do evento. Ofuscaram tanto que a última atualização que a Niantic fez no blog do evento dedicou muitos parágrafos a eles. Eles explicaram com mais detalhes o que deu errado. Eis o que eles tinham a dizer:

“O que aconteceu? Problemas técnicos com o software do nosso jogo causaram falhas aos clientes e interferiram na jogabilidade para alguns usuários. O problema da jogabilidade foi resolvido com uma mudança de configuração do servidor e as falhas também foram corrigidas para muitos, mas não para todos os usuários. Um problema mais prolongado foi causado pela saturação das redes de dados móveis de alguns provedores de internet. Isso fez com que muitos participantes não pudessem acessar o Pokémon GO ou outros serviços de Internet. O congestionamento da rede também levou a um problema de login que afetou alguns usuários capazes de acessar a Internet. Esse problema de logon relacionado à latência foi corrigido com uma segunda modificação na configuração Niantic

Na questão do acesso à rede, fornecemos estimativas detalhadas do atendimento e da taxa de transferência de dados exigida por usuário para o nosso parceiro de eventos que trabalhou com as principais operadoras para permitir que planejassem uma cobertura adequada. Algumas operadoras implantaram melhorias no sistema para ampliar sua capacidade. Em outros casos, os fornecedores as consideraram desnecessárias com base em outras infraestruturas já instaladas no site. Os usuários relataram diferentes níveis de sucesso com esses provedores. O WiFi foi habilitado por um provedor como uma solução que ajudou alguns usuários, mas não a todos. A Sprint estava no local como um parceiro oficial, implantou uma rede, que estava ocupada, mas manteve-se bem. Embora muitos jogadores tenham conseguido jogar normalmente durante a maior parte do dia, muitos não conseguiram e, com base nisso, fizemos uma série de ajustes no plano do evento “.

Fonte: My Nintendo News

25 anos, Headbanger, fascinado pela cultura nórdica e Gamer. Nintendista de coração, desde que joguei The Legend o Zelda pela primeira vez.

LEAVE A REPLY